GRUPOS DE TRABALHO 2017

Se você é estudante de graduação você pode mandar trabalho no formato Poster. E-mail para envio: mpeseminario@gmail.com

GT 1 – Comunicação e Política

Coordenação docente: Profª Drª Vera Chaia e Profª Drª Carla Montuori

Cordenação Discente: Silvana Martinho

O GT “Comunicação Política” tem como objetivo debater e analisar as relações existentes entre mídia e política, englobando pesquisas empíricas, teóricas e/ou comparativas que questionem as relações de poder existentes nas diferentes mídias no contexto contemporâneo. Seja no âmbito do discurso político, seja na dimensão política do discurso midiático. Nesse sentido, o GT recebe trabalhos transdisciplinares que versam em torno dos seguintes eixos temáticos: (a) Democracia e Mídia; (b) Campanha Eleitoral, Eleições e coberturas jornalísticas; (c) Opinião Pública; (d) Enquadramento e Agenda Setting; (e)Teorias da comunicação política; (f) Jornalismo político; (g) Marketing político; (h) Sociedade do Espetáculo; (i) Mídia e Religião; (j) Democratização da Comunicação.

E-mail: comunicacaopolitica.mpe@gmail.com

GT 2 – Sistema Político

Coordenação Docente: Prof.Dr. Miguel Chaia e Profª Drª Silvana Tótora

Coordenação Discente: Merilyn Escobar de Oliveira

O cenário político pós-impeachment no Brasil, a insatisfação e a descrença com as instituições políticas, partidos e atores acentua o sentimento de impasse e “fim de linha” das democracias contemporâneas. Este grupo de trabalho busca acolher pesquisas acerca das transformações nas democracias em suas múltiplas dimensões e que abrangem: o comportamento político, os partidos nas arenas eleitoral e legislativa, sistema político e eleitoral, eleições, dinâmica político-partidária, conjuntura política, desempenho dos governos e partidos, o Estado e o Judiciário. O objetivo é promover o encontro entre pesquisadores e investigações sobre a realidade política no Brasil e de outros países.

E-mail: sistemapolitico.mpe@gmail.com

GT 3 – Internet e Política

Coordenação Docente: Profº Drº Claudio Luis de Camargo Penteado (UFABC) e Profº Drº Rafael de Paula Aguiar Araújo (PUC-SP)

Coordenação Discente: Denis Carneiro Lobo

O GT “Internet Política” tem como objetivo abranger estudos sobre fenômenos políticos das mais diversas naturezas que se apresentam na Internet e a partir dela. Desde os últimos acontecimentos políticos ocorridos no Brasil pós as Jornadas de Junho de 2013, caracterizado pelas manifestações que agitaram as ruas de todo o país a partir do espaço híbrido formado entre as ações de reivindicação de coletivos sociais e cidadãos nos espaços urbanos e em suas redes sociais digitais, observa-se o crescimento e aprofundamento dos debates acerca do impacto do meio digital sobre as relações sociais e, principalmente, sobre o sistema político democrático. Nesse sentido, o GT recebe trabalhos transdisciplinares que versam em torno dos seguintes eixos temáticos: (a) Relação entre as novas tecnologias e democracia; (b) Tecnopolítica, Ciberativismo, Cibercultura e Cibervigilância; (c) Campanhas online; (d) Deliberação online; (e) e-participação, governo eletrônico, governo aberto, governança da internet; (f) Sociedade informacional, conflitos online, sociabilidade em ambientes e plataformas digitais; (g) Big data, monitoramento e análise de redes sociais online, e regulação algorítmica.

E-mail: internetpolitica.mpe@gmail.com

GT 4 – Novas práticas políticas

Coordenação Docente: Profª Drª Rosemary Segurado (PUC/SP; FESPSP) e Profº Drº Rodrigo Estramanho de Almeida (PUC/SP; FESPSP)

Coordenação Discente:  Tathiana Senne Chicarino (PUC/SP)

O presente GT se configura como um espaço de discussão teórica e empírica sobre as práticas políticas contemporâneas e a configuração da atual democracia, de modo que estejam ancoradas nos eixos: anteposição às formas tradicionais de ação e/ou organização; tratamento crítico dessas formas; mudanças nas estratégias de ação, mas que não necessariamente produzam modificações estruturais, como é o caso de alguns atores políticos de viés conservador.Essa perspectiva epistemológica nos permitirá priorizar os trabalhos que dialoguem com: (a) a crise da democracia representativa; (b) o papel das lideranças políticas na atualidade; (c) a emergência de novos sujeitos na arena política; (d) o questionamento à cidadania formal; (e) o recente ciclo de movimentações e ocupações do espaço público; (f) fazeres políticos que se antagonizam à hegemonia neoliberal; (g) dinâmicas políticas ancoradas no gênero, na raça e etnicidade, na sexualidade, e na religiosidade.

E-mail: novaspraticas.mpe@gmail.com

Anúncios